Informações Gerais

 O Município de Corupá está localizado na região norte do Estado de Santa Catarina, cercado pela cadeia de montanhas da Serra do Mar, de clima Subtropical úmido, o município possui belas cachoeiras que podem ser vistas de diversos pontos do município

Corupá é a capital catarinense da Banana e recentemente recebeu o título da Banana Mais Doce do Brasil, e justamente nestes bananais que parte dos trajetos da trilha do Super Bananalama acontece. Uma grande parceria entre proprietários de terra e o Bananalama possibilita a realização do evento, fato que nos orgulha muito.

A responsabilidade ambiental é a grande preocupação do Bananalama, ações são desenvolvidas pré encontro e principalmente pós encontro onde o compromisso da recuperação das trilhas é prioridade número 1 do Bananalama. Além da recuperação realizamos o plantio de árvores como agradecimento ao que a natureza nos proporciona em Corupá.

Desde a edição de 2017 o Bananalama desenvolve duas trilhas, uma voltada a quadricíclos e utv’s e outra exclusivamente para motos. Tal divisão se fez necessária para melhor atender as características de cada veículo oferecendo assim aos Trilheiros o melhor aproveitamento de sua aventura.

 

Trilha de Quadricíclos e UTV’s

Trilha de 70 km com grau de dificuldade aumentada em relação a de motos mas que se enquadra perfeitamente a quantidade de veículos desta modalidade, garantindo belas paisagens e 4 horas de pura diversão

 

Trilha de Motos

Trilha de 55 km, com grau de dificuldade fácil a média, garante o fluxo de mais de 3500 motos para a realização do percurso em 4 horas, paisagens exuberantes fazem parte do trajeto

 

Estrutura

Sempre preocupado com a segurança dos participantes, o Bananalama disponibiliza em suas trilhas uma estrutura de apoios, sinalização, de primeiros socorros e de comunicação.

A trilha é totalmente coberta pela comunicação de rádios onde a equipe de apoio do Bananalama está em permanente contato com Bombeiros e jipeiros que estão distribuídos em pontos estratégicos garantindo assim a segurança e o fluxo da trilha.

 

Lanche

Aproximadamente na metade das trilhas há uma estrutura de neutro onde o trilheiro pode reabastecer sua moto, realizar uma breve manutenção além de receber um lanche para encarar o resto da trilha